Notícias | Grupo Lena

Saltar para conteúdo
Logótipo: Grupo Lena
GL - frases1GL - frases2GL - frases3GL - frases4GL - frases5GL - frases6GL - frases7GL - frases8GL - frases9GL - frases10GL - frases11GL - frases13GL - frases14GL - frases15GL - frases16GL - frases17

Notícias 

8, Outubro 2015

Investigação, Desenvolvimento, Diversificação e Inovação no Grupo Lena

Investigação, Desenvolvimento, Diversificação e Inovação no Grupo Lena
Remonta a 1968 a afirmação de Peter Drucker: "o Conhecimento tornou-se o recurso essencial da economia". Já em 1993, no seu livro “Sociedade Pós-Capitalista”, Drucker afirma que a "questão central para o executivo moderno é ser capaz de usar o conhecimento para criar novos produtos e serviços" e que "o fator decisivo de produção é o Conhecimento". Mas, a que conhecimento se refere? E qual a relação entre conhecimento e tecnologia?

Em resumo, na nova Economia, os modelos económicos baseados nos três fatores de produção tradicionais – Capital, Terra e Trabalho – precisam ser revistos para incorporar o Conhecimento, como fator essencial do processo de produção e de geração de riqueza. Os fatores de produção tradicionais não deixam de existir, mas podem ser obtidos com alguma facilidade desde que tenhamos CONHECIMENTO.
Após a segunda Grande Guerra, Drucker definiu um administrador como "alguém que é responsável pelo trabalho e pelos seus subordinados", em suma, o "patrão" ou o "chefe". Anos mais tarde, a definição de administrador sugere “alguém que é responsável pela aplicação e desempenho do Conhecimento". A gestão hoje passa por usar o Conhecimento existente na organização para gerar melhores resultados e os grandes ganhos de produtividade advêm das melhorias na gestão do Conhecimento.
No entanto, o Conhecimento só será produtivo se gerirmos toda sua cadeia de valor. As empresas querem ser produtivas para serem mais lucrativas. E lucro e competitividade são as verdadeiras equações da inovação tecnológica e do crescimento da produtividade. Assim, não podemos contentar-nos em gerar novos Conhecimentos, em fazer apenas a pesquisa pela pesquisa, ou simplesmente em recolher informações e guardá-las. Sem capacidade de inovar – entenda-se criar novos produtos e novos serviços – mas também, sem capacidade para criar novos mercados, exportar e empreender negócios, nenhuma empresa se tornará líder no seu sector nem conseguirá sobreviver nesta economia globalizada. Conhecimento, inovação e empreendedorismo formam, assim, um triângulo indissociável para o sucesso das organizações; uma sinergia a que chamamos Inteligência Empresarial.

É esse o conceito do Gabinete de Diversificação e Inovação do Grupo Lena: um conceito visionário que permita antecipar as necessidades de mercado / clientes e desenvolver produtos e serviços à sua medida. Porque queremos ser uma empresa do futuro e com futuro, ambicionamos estar na linha da frente e alcançar a visão estratégica em primeira mão. Tudo isto de forma a sermos mais competitivos, aumentarmos notoriedade e satisfazermos as necessidades do mercado, sempre na vanguarda da tecnologia. É com esta visão que o Grupo Lena tem promovido e motivado a investigação, desenvolvimento e inovação nas suas unidades de negócio, com particular destaque para o projeto “Casas para o Mundo” – mais do que simples construção civil, uma transferência de tecnologia para outros mercados.
 

7, Setembro 2015

Campanha de solidariedade apoia a Renascer

Campanha de solidariedade apoia a Renascer
O Grupo Lena lançou uma campanha de solidariedade a favor dos bebés e famílias apoiados pela Liga Nacional Criança Esperança Renascer, que pretendeu mobilizar colaboradores e parceiros na angariação de donativos e bens para esta instituição, nomeadamente produtos de bebé.

Constituída oficialmente em 2005, a Liga Nacional Criança Esperança Renascer é uma instituição particular de solidariedade social sem fins lucrativos, que presta ajuda alimentar e material a várias famílias carenciadas, com o objetivo de melhorar a sua qualidade de vida.
A ação, que teve início em junho, teve como resultado a entrega de uma palete de produtos para bebé em final de agosto, nomeadamente fraldas, cremes e shampoos, toalhitas, chupetas, roupas, entre outros. A primeira criança a usufruir desta oferta foi a pequena Navara, de 9 meses de idade, em resposta a um pedido de apoio realizado pelo Gabinete de Ação Social da União de Freguesias de Perafita.
A Liga Nacional Renascer já expressou o seu profundo agradecimento ao Grupo Lena e a todos os seus colaboradores, pois com esta ajuda tem sido possível à instituição chegar a mais famílias em situação de risco e exclusão.

newsletter